O que é a cibersegurança?

Segurança Informática

Ana Filipa | 18/12/2023

A cibersegurança é a área que se dedica a proteger os sistemas informáticos e a informação que eles armazenam de acessos não autorizados, alterações, divulgação ou destruição. É uma área cada vez mais importante, pois a nossa sociedade é cada vez mais dependente da tecnologia.

O que é a cibersegurança?

A cibersegurança pode ser dividida em três grandes áreas:

  • Confidencialidade: garantir que apenas as pessoas autorizadas têm acesso à informação.
  • Integridade: garantir que a informação não é alterada ou corrompida.
  • Disponibilidade: garantir que a informação está sempre disponível quando necessário.

A evolução do conceito de cibersegurança

O conceito de cibersegurança tem evoluído ao longo do tempo, à medida que a tecnologia se tem desenvolvido. No início, a cibersegurança concentrava-se na proteção de sistemas informáticos contra ataques externos. No entanto, com o aumento da conectividade e da mobilidade, a cibersegurança passou também a ter de se preocupar com a proteção de dados pessoais e com a segurança dos dispositivos móveis.

A nossa sociedade é cada vez mais dependente da tecnologia. Os nossos sistemas financeiros, a nossa infraestrutura crítica e até mesmo as nossas relações sociais

dependem de sistemas informáticos. Isso torna a cibersegurança ainda mais importante, pois um ataque cibernético pode ter consequências graves.

Desafios e ameaças

Os desafios e ameaças à cibersegurança são cada vez mais complexos e sofisticados. Os atacantes têm cada vez mais recursos e conhecimentos, e estão constantemente a desenvolver novas técnicas.

Alguns dos principais desafios e ameaças à cibersegurança incluem:

  • · O aumento da sofisticação dos ataques cibernéticos.
  • · A crescente interconetividade dos sistemas informáticos.
  • · A falta de consciência dos utilizadores sobre a cibersegurança.

Cenários futuros

A cibersegurança continuará a ser uma área fundamental no futuro, à medida que a tecnologia continuar a evoluir. Os desafios e ameaças à cibersegurança também continuarão a crescer, e é importante que as empresas, as organizações e os indivíduos estejam conscientes dos riscos e tomem medidas para se protegerem.

Alguns dos cenários futuros que podem afetar a cibersegurança incluem:

  • O aumento da inteligência artificial (IA): A IA está a ser usada para desenvolver novas ferramentas e técnicas de ciberataque, o que torna os ataques mais sofisticados e difíceis de detetar.
  • A crescente interconetividade dos sistemas informáticos: À medida que os sistemas informáticos tornam-se cada vez mais intercetados, os atacantes têm mais oportunidades de explorar vulnerabilidades.
  • A expansão da Internet das Coisas (IoT): A IoT está a conectar cada vez mais dispositivos à Internet, o que cria alvos para os ciberataques.

Estes são apenas alguns dos desafios e ameaças que a cibersegurança enfrentará no futuro. É importante que as empresas, as organizações e os indivíduos estejam preparados para estes desafios e tomem medidas para se protegerem.

Emprego em cibersegurança

A cibersegurança é uma área com uma forte procura de profissionais qualificados. A procura por profissionais de cibersegurança tem aumentado nos últimos anos, e é provável que continue a aumentar no futuro.

Se estás interessado em trabalhar na área da cibersegurança, existem várias opções disponíveis. Podes estudar cibersegurança numa universidade ou numa escola profissional, ou podes adquirir competências em cibersegurança através de uma formação como o curso de cibersegurança da Tokio School.

Artigo relacionado: Com0 ser um especialista em cibersegurança

A importância da cibersegurança

A cibersegurança é importante por vários motivos.

Em primeiro lugar, ajuda a proteger os nossos dados pessoais. Os nossos dados pessoais são cada vez mais valiosos, e podem ser usados por criminosos para cometer fraudes, extorsões ou outros crimes.

Em segundo lugar, a cibersegurança ajuda a proteger os nossos sistemas informáticos. Os sistemas informáticos são essenciais para o funcionamento das nossas empresas, organizações e até mesmo das nossas vidas pessoais. Um ataque cibernético pode causar grandes danos a estes sistemas.

Por último, a cibersegurança ajuda a proteger a nossa infraestrutura crítica. A infraestrutura crítica inclui sistemas essenciais como redes eléctricas, redes de transporte e sistemas de saúde. Um ataque cibernético a esta infraestrutura pode ter consequências catastróficas.

Exemplos de ataques cibernéticos

Phishing

O phishing é um dos ataques cibernéticos mais comuns. Costuma materializar-se através de um email ou mensagem de texto falsos que tentam enganar a vítima a fornecer informações pessoais ou a clicar num link malicioso.

Os emails de phishing geralmente parecem ser enviados por uma fonte confiável, como uma empresa ou organização. Esses emails podem conter um pedido de confirmação de dados, uma oferta de brinde ou um alerta de segurança.

Se receberes um e-mail ou mensagem de texto que te pareça suspeito, não cliques em nenhum link nem abras nenhum anexo. Em vez disso, contacta a empresa ou organização diretamente para verificares a autenticidade do email.

Malware

O malware é um software malicioso que pode danificar o computador ou roubar os teus dados. Existem muitos tipos diferentes de malware, incluindo vírus, worms, cavalos de Troia e ransomware.

Os vírus são programas que se copiam para outros programas ou ficheiros. Os worms são programas que se espalham pela rede sem a intervenção do utilizador. Os cavalos de Troia são programas que parecem ser inofensivos, mas que são na verdade maliciosos. O ransomware é um tipo de malware que criptografa dados e exige um resgate para os desbloquear.

Para te protegeres do malware, é importante instalares um software de segurança antivírus e mantê-lo atualizado. Também deves ter cuidado com os sites que visitas e os ficheiros que abres.

Ransomware

O ransomware é um tipo de malware que criptografa dados e exige um resgate para os desbloquear. Os atacantes geralmente exigem que o resgate seja pago em criptomoedas, como o Bitcoin.

Se o teu computador for infetado por ransomware, deves tentar remover o ransomware do seu computador ou procurar ajuda de um profissional. Existem ferramentas antivírus que podem ajudar nessa tarefa.

Injeção de SQL

A injeção de SQL é um ataque que permite aos atacantes roubar dados de uma base de dados. Os atacantes podem usar a injeção de SQL para inserir código malicioso nos sistemas de uma BD.

A injeção de SQL pode ser usada para roubar dados pessoais, como números de cartão de crédito ou palavras-passe. Também pode ser usada para causar danos num sistema de base de dados, como apagar os mesmos ou alterar informações.

Para te protegeres da injeção de SQL, é importante usares boas práticas de codificação. Os desenvolvedores de software devem usar filtros de entrada para validar os dados inseridos pelos utilizadores.

Ataque DDoS

Um ataque DDoS (Distributed Denial-of-Service) é um ataque que inunda um sistema com tráfego de rede para torná-lo inacessível. Os atacantes geralmente usam botnets para realizar ataques DDoS.

Um botnet é uma rede de dispositivos infetados com malware que podem ser controlados remotamente por um atacante.

Os ataques DDoS podem ser usados para derrubar sites, serviços online ou até mesmo uma infraestrutura crítica.

Para te protegeres de ataques DDoS, é importante teres um bom plano de continuidade de negócios. Também deves ter um sistema de deteção de intrusão para detetar esse tipo de ataques.

Lê também: Quanto ganha um profissional de cibersegurança em Portugal?


Mais informação

Se chegaste até aqui é porque temos algo que te interessa, certo? Claro que sim! Tu também nos interessas. Estamos ansiosos para poder chamar-te pelo teu nome, falar contigo, saber em que podemos ajudar-te. Resumidamente: gostaríamos (muito!) de te conhecer. Envia-nos uma mensagem. Entraremos em contacto contigo num piscar de olhos.

"*" indica campos obrigatórios

Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.

Pode também estar interessado em...

Mais informação

Se chegaste até aqui é porque temos algo que te interessa, certo? Claro que sim! Tu também nos interessas. Estamos ansiosos para poder chamar-te pelo teu nome, falar contigo, saber em que podemos ajudar-te. Resumidamente: gostaríamos (muito!) de te conhecer. Envia-nos uma mensagem. Entraremos em contacto contigo num piscar de olhos.

"*" indica campos obrigatórios

Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.

Todas as formações em Tokio School incluem:

Desde 1.800 €

I.V.A. incluído

  • Formação 100% online
  • Más de 150 clases telepresenciales/mes
  • Masterclass complementares
  • Assessoria pedagógica
  • Formação em inglês
  • Estágio em empresas de referência
  • Tokio Net (alertas de emprego durante 5 anos)
  • E, além disso, 2 anos para concluires a tua formação